Home Política
146
0
SHARE

Montanha da Esperança recebe nova turma de intercambistas voluntários da Argentina e do Peru

 

Montanha da Esperança recebe novos voluntários

Quatro jovens da América Latina, dos intercâmbios sociais da Aiesec, iniciaram na segunda-feira, dia 23 de janeiro, trabalho voluntário com as crianças e os adolescentes assistidos pela Montanha da Esperança, casa de acolhida e Centro de Formação Profissional. Eles fazem parte de uma segunda turma de intercambistas, formada por dois estudantes universitários da Argentina e dois do Peru, que farão trabalhos na instituição até o dia 23 de fevereiro.

Uma primeira turma de intercambistas, formada por nove jovens, chegou à Montanha da Esperança no dia 7 de dezembro e encerrou suas atividades na semana passada. O objetivo do intercâmbio é a prestação de serviços voluntários, numa troca de experiências a partir do que os jovens aprendem em suas faculdades e a realidade local.

Os jovens Lucas Bercovich, 27 anos, Lucila Pautosso, 20, Naomi Pacheco Mendoza, 19, e Ariana Castro Carbajal, 20, respectivamente, estudantes dos cursos de Direito, Psicologia e Administração de empresas em faculdades de seus países, vão atuar com base nos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU).

Um dos projetos é o “Nós”, no qual dão aulas e oficinas sobre temas sociais, como integração, bullying, geopolítica e igualdade, além de possibilitar o contato dos abrigados com a cultura e a língua de seus países. Também fazem parte da programação dos intercambistas, na Montanha da Esperança, o acompanhamento dos adolescentes residentes em atividades de lazer externas, viagem de enriquecimento histórico-cultural, apoio nas atividades de férias escolares, como aulas de espanhol, esportes e orientações com enfoque no crescimento pessoal.

Junto à equipe de profissionais e gestores da instituição capixaba, os intercambistas desenvolverão o projeto Smart, que visa auxiliar e fortalecer ONGs nas áreas de administração e marketing, com planejamento, ferramentas e estratégias que contribuem para o desenvolvimento e melhorias das atividades do dia a dia.

 

Primeira Turma

Na semana passada, foi a vez de outros nove intercambistas da Colômbia, Chile, Costa Rica, Argentina e México, com idade entre 18 e 25 anos, concluírem as suas atividades. Também integrantes dos intercâmbios sociais da AIESEC, os jovens estudantes trabalharam nos projetos Smartketing e Gira Mundo.

Segundo o intercambista Kevin Avendano Garcia, de 19 anos, da Colômbia, a experiência foi muito gratificante. “Ficamos encantados com a boa recepção que tivemos aqui e todos estão sempre atentos às atividades e com muita vontade de aprender e compartilhar conosco e nossas culturas. Esta é uma instituição muito organizada, com excelente planejamento e muitas coisas para fazer. Tivemos a oportunidade de entregar cada dia mais de nós e aprender com isso”, relata.

Já Mataias Mora, de 18 anos, da Costa Rica, ficou surpreso com o nível da instituição, pois “a Montanha da Esperança tem muito bem definido seus objetivos, alinhamentos, focos e ideais para ajudar as crianças e adolescentes assistidos. Funciona como uma família, implementando valores, costumes e boas tradições, gerando assim um ambiente favorável e de boa convivência, pelo qual o trabalho tem sido exitoso e viável”, afirma.

Montanha da Esperança

Além de oferecer cursos de capacitação profissional para jovens e adultos da Grande Vitória, a Montanha da Esperança atende adolescentes de 12 a 18 anos em situação de risco social. Eles moram na instituição, onde, além de tudo o que faz parte de um lar amoroso, fazem cursos profissionalizantes e se preparam para a vida autônoma e a inserção no mercado de trabalho ao completarem 18 anos.

O que achou dessa matéria?
[Total: 0 Média: 0]

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here