Home Mercado Vendas no varejo capixaba têm leve crescimento

Vendas no varejo capixaba têm leve crescimento

115
0
SHARE
Vendas no varejo capixaba têm leve crescimento no mês de junho em relação ao mês anterior, alta foi de 0,2% – Foto: ES Brasil

A Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), apontou que em junho de 2017 o comércio varejista do Estado teve um leve crescimento de 0,2% no volume de vendas se comparado ao mês de maio, feitos os ajustes sazonais. Na comparação anual, houve uma retração de 0,8% em relação a junho do ano passado. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com análise Federação do Comércio de Bens, Serviços e turismo (Fecomércio) do estado do Espírito Santo.

Devido a esse resultado, o acumulado no volume de vendas no comércio varejista capixaba retraiu 7,7% no primeiro semestre de 2017 na comparação com o mesmo período do ano passado. De janeiro a junho de 2016 foi registrada retração de 10,7% no volume de vendas em relação ao mesmo período de 2015. Já nos últimos doze meses, a queda foi de 9,1%.

Para o empresário José Lino Sepulcri, presidente da Fecomércio-ES, embora ainda bastante tímido, o crescimento é importante para manter a tendência positiva que se segue desde janeiro. “Finalmente os números ruins estão ficando para trás. Esperamos e estamos trabalhando para manter essa linha positiva, assim já conseguimos vislumbrar um resultado melhor para o fechamento de 2017”, diz.

Não foi apenas na Grande Vitória que a melhora nas vendas foi sentida. De acordo com o presidente do Sindicato dos Lojistas do Comércio de Linhares, Ilson Alves Pessoa, a melhora nas vendas começa a ser percebida pelos lojistas. “Observamos uma melhorada relevante nos últimos tempos, estamos com uma movimentação maior, que se intensificou ainda mais nos últimos dias, por conta do Dia dos Pais”, explica.

Os resultados da pesquisa para o país apontam que o comércio varejista cresceu 1,2% em junho em relação a maio e 3% em relação a junho de 2016. O acumulado do ano ficou praticamente estável, apontando variação de -0,1% se comparado com o mesmo período do ano passado.

O que achou dessa matéria?
[Total: 0 Média: 0]
SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here