Home Mercado Sesc da Serra será em Portal de Jacaraípe

Sesc da Serra será em Portal de Jacaraípe

153
0
SHARE
O Sesc da Serra será dotada de um centro de convenções com salas de aula, teatro, cinema, auditórios e clínica odontológica e medicina do trabalho – Foto: Divulgação

Sesc com área de 8.700 m2 em Portal de Jacaraípe

Numa área de 8.700 mil metros quadrados, no bairro Portal de Jacaraípe, será construído uma nova unidade social do Serviço Nacional do Comércio (Sesc) do estado do Espírito Santo.

A unidade a ser construída no município serrano será dotada de salas de aula para abrigar até 800 alunos dos ensinos fundamental e médio, em dois turnos, um centro de convenções de múltiplo uso com teatro, cinema, auditórios e espaços para atividades sociais, e clínica médica de atendimento à medicina do trabalho e clínica odontológica. As instalações da unidade do Sesc prevêem campos de esporte e lazer, quadras poliesportivas, piscinas e jogos infantis.

Para ser concretizado o convenio um protocolo de intenções foi assinado entre o superintendente regional Gutman Uchoa de Mendonça, do Serviço Nacional do Comércio do Espírito Santo, e o prefeito Audifax Barcelos (PMDB).

O empreendimento, inicialmente orçado em R$ 82 milhões, terá suas obras iniciadas em janeiro de 2019 com previsão de conclusão em junho de 2020. A documentação da doação foi enviada ao Conselho Nacional do Sesc para a autorização da assinatura da escritura. Tão logo a escritura seja registrada em cartório, a direção regional do Sesc contratará o projeto de arquitetura da unidade.

Autoridades presentes ao evento em que ocorreu a solenidade, o Café de Negócios da Associação dos Empresários da Serra (Ases), no cerimonial, se revezaram no destaque à importância do projeto tanto nos aspecto econômico quanto social, pela capacitação de capital humano e seu efeito inclusivo, porque a nova unidade será numa região de reconhecida pobreza. Seu impacto será direto, produzindo benefícios imediatos no entorno social.

Evento repetido 150 vezes com sucesso

O evento onde ocorreu a solenidade de formalização da doação de terreno para construção de uma unidade do Sesc na Serra, o Café de Negócios, na quinta-feira, dia 14, em sua 150ª edição, reunindo gestores, empresários, políticos e autoridades para abordagem de temas de interesse desses segmentos e criar oportunidade de interação e relacionamento. A edição, particularmente, mobilizou a atenção do público porque contou com três intervenções sobre temas relevantes para o segmento.

O vice-presidente da Federação do Comércio, cabeça do Sistema Comércio, ao qual se liga o Sesc e o Senac, Idalberto Moro, fez uma apresentação dos serviços proporcionados à comunidade empresarial pela Federação, incluindo a representação setorial, a emissão de certificados de origem e oferecimento de suportes em assessorias para os negócios dos associados aos sindicatos filiados à entidade. O diretor, Dionísio Corteletti, explanou sobre as atividades do Sesc relacionando os atendimentos prestados na área de assistência social, educação, entretenimento, cultura e lazer, lembrando também que outra instituição do Sistema Comércio, o Senac também está implantando uma unidade na Serra, voltada para o ensino profissionalizante em várias áreas, inclusive hotelaria, gastronomia, gestão e design.

Espaço para inovação

O presidente da Ases, Djalma Quintino Neto, ao fazer o seu pronunciamento no Caneg destacou o planejamento estratégico da entidade enfatizando duas metas imediatas de sua gestão. A primeira é a conclusão das obras da sede da entidade, a Casa do Empresário da Serra, iniciada recentemente na gestão do seu antecessor, Remegildo Milanez; a segunda será a consolidação do programa Inova Serra, fomentando a cultura da inovação no âmbito dos associados. E que terá um elemento promocional com o “Pitch de Inovação”, um espaço criado em cada edição do Caneg para apresentação de um case de inovação em processo, produto, modelo de negócios enquadrados em três aspectos, alternativamente: adequação, melhoria ou inovação. O presidente da entidade lembrou também a comemoração dos 40 anos de fundação da Ases, em 21 de dezembro de 1977, por um grupo de empresários liderados pelo atual senador Sérgio Rogério de Castro. A data ensejará uma campanha com um selo alusivo a ser adotado durante todo o próximo exercício tanto nas peças de comunicação da Ases.

O prefeito da Serra, Audifax Barcelos, também fez um pronunciamento mencionando as dificuldades financeiras da administração pública, notadamente para o seu município, observando que a receita da Serra este ano será da ordem de R$ 1.049 milhões, inferior à de 2008, quando alcançou R$ 1.050 milhões, enquanto a população atual é de mais de 500 mil habitantes para uma população que, há nove anos, situava-se em 390 mil habitantes. Ressalvou que, apesar desse quadro restritivo, a realiza-se na Serra a segunda maior obra público do Espírito Santo – a primeira é o Aeroporto de Vitória – que é o Hospital Infantil que estará sendo erguido ao lado do Terminal de Laranjeiras. Mencionou outras obras, enfatizando a terceira ligação Serra-Vitória para o que diz esperar a colaboração da ArcelorMittal Tubarão e a Vale.

O que achou dessa matéria?
[Total: 0 Média: 0]
SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here