Home Estado Irregularidade atinge 32% de obras no ES

Irregularidade atinge 32% de obras no ES

99
0
SHARE

Para assegurar as atividades dos profissionais de engenharia, agronomia e áreas afins, as ações de fiscalização em obras e serviços de engenharia, pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) do Espírito Santo, continuam a todo vapor. No período de janeiro a novembro deste ano foram realizadas mais de 27 mil ações e identificadas 32% de irregularidades.
A falta de registro da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) 55,7%, o exercício ilegal da profissão 29,4%, e a atuação de empresas de engenharia e de agronomia sem o registro no Conselho 7,5%, lideram o ranking das irregularidades, que cresceu 2% comparado ao mesmo período do ano passado.
Segundo o engenheiro agrônomo José Adilson de Oliveira, gerente de Fiscalização do Crea no Estado. Os números refletem as novas estratégias adotadas pelo setor, e podem ser reforçados com o apoio de demais órgãos públicos. “O maior envolvimento de prefeituras municipais, cobrando e fiscalizando, e a atuação mais efetiva de outros órgãos de fiscalização como Tribunais de Conta (TC) e Ministérios Públicos (MP), poderiam colaborar para reduzir os índices de irregularidades, resultando em uma sociedade ainda mais segura”, destaca.

O que achou dessa matéria?
[Total: 0 Média: 0]

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here