Home Cidade Justiça reintegra agente de saúde na Serra

Justiça reintegra agente de saúde na Serra

272
0
SHARE
Vitória contra os desmandos da Serra: Justiça garante reintegração de agente demitida injustamente pela Prefeitura – Foto: Sindsaude

Vitória contra os desmandos do prefeito “Maldifax”

Justiça garante reintegração de agente demitida injustamente pela prefeitura da Serra

A Justiça do Trabalho concedeu liminar garantindo a reintegração de uma trabalhadora ao cargo de Agente de Combate a Endemias (ACS) na Prefeitura da Serra. Thalyta dos Santos Ridolfi, de 31 anos, estava entre os 50 profissionais demitidos injustamente pela Secretaria de Saúde do município no dia 15 de agosto deste ano. Na decisão arbitrária do prefeito “Maldifax”, foram mandados embora 42 ACE e oito Agentes Comunitários de Saúde (ACS).

Na prática, além de reduzir a renda de famílias da cidade, as demissões significam colocar a população do município em perigo, pois em função das áreas descobertas pela ausência dos trabalhadores há risco de aumento das epidemias, como dengue, zica, chikungunya, febre amarela e raiva animal.

Justiça reintegra agente de saúde na Serra – Foto: Sindsaudes

Mais ações estão tramitando e novas reintegrações devem ser determinadas pela Justiça.

Fortalecendo os trabalhadores

De acordo com o diretor Jovânio Barbosa, o Sindsaúde-ES está fazendo todos os esforços necessários para reintegração dos agentes, tanto na esfera judicial quanto na esfera administrativa. “Já tivemos duas reuniões com o secretariado da Serra a fim de evitar novas demissões. Nossa expectativa é de que essa liminar e outras que devem sair em breve fortaleça ainda mais o nosso movimento”, disse.

Já, de acordo com o advogado Alexandre Zamprogno¸ do Sindsaúde – ES, há uma série de irregularidades cometidas pela Prefeitura da Serra. Segundo ele, 50 agentes de saúde foram demitidos ao mesmo tempo, o ato é considerado demissão em massa. Nesses casos, é preciso que o sindicato da categoria seja comunicado com antecedência e que as saídas sejam negociadas. “Além disso, a Secretaria de Saúde da Serra enganou os profissionais: realizou exames médicos alegando que eram apenas de rotina, mas, na verdade, tratavam-se de exames demissionais. Nesse processo, tornou aptos agentes que estavam sendo reabilitados pelo INSS, outra infração”, esclareceu.

Comemoração

Para a ACE Thalyta Ridolfi, que trabalhou sete anos e três meses para a Secretaria de Saúde da Serra, a decisão foi motivo de alegria. “Eles não apresentaram nenhum motivo para me demitir. Estava trabalhando, normalmente, no campo. Procuramos o coordenador para saber o que tinha acontecido e ele nem nos recebeu. Estava com a esperança de que essa decisão saísse, mas não esperava que fosse tão rápido. Fiquei muito feliz! Esse foi meu primeiro emprego e não tenho experiência em outra coisa. Nesse tempo de desemprego, seria mais difícil arranjar outro trabalho. Só tenho que comemorar e agradecer”.

Segundo o advogado do Sindsaúde Alexandre Zamprogno, a previsão é de que o oficial de justiça entregue, na próxima segunda-feira, a decisão liminar da Justiça do Trabalho para que a ACE retorne ao trabalho.

O que achou dessa matéria?
[Total: 1 Média: 2]
SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here